Zenaide: “Neste Dia Internacional da Enfermagem, o maior presente que podemos dar é a aprovação do PL 2.564!”
12/05/2021
Senado aprova PL que proíbe aumento no preço dos remédios durante a pandemia
13/05/2021
Exibir tudo

Zenaide questiona e Wajngarten não responde se o presidente foi alertado sobre “sabotagem deliberada” às campanhas de prevenção à covid

Em depoimento à CPI da Covid, o ex-secretário de comunicação da Presidência da República Fábio Wajngarten afirmou ter feito 11 campanhas publicitárias de prevenção à covid, com um custo total de R$ 285 milhões. A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) questionou o ex-chefe da Secretaria de Comunicação: “Essas campanhas publicitárias públicas não surtiram efeito. Foi falha da Secom ou o senhor considera que o presidente da República boicotou essas campanhas quando aglomerava pessoas e fazia campanha para o não uso de máscaras? O senhor, alguma vez, se dirigiu ao presidente da República para dizer: ‘Presidente, o senhor está vendo que estamos gastando milhões de reais de dinheiro público e o senhor está deixando essas campanhas inócuas?’ O senhor não acha que essa sabotagem é deliberada?”, perguntou Zenaide. Wajngarten não respondeu se fez o alerta ao presidente e se recusou a opinar sobre o comportamento do presidente.

Zenaide insistiu: “Que não faça campanhas, mesmo orientado pela OMS, pregando as medidas preventivas, como o distanciamento social, o uso de máscaras, é uma coisa que já é grave. Agora, gastar dinheiro público fazendo uma campanha e o próprio presidente deixando essas campanhas inócuas, ou seja, fazendo uma sabotagem deliberada, e o senhor nunca conversar? Porque era uma responsabilidade não só do presidente da República, mas do senhor, também!”, mas Wajngarten, novamente, não respondeu à pergunta da parlamentar.

Confira, no vídeo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.